Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Equipe de Gestão - Proteção Social Especial

Atualizado em 10/08/2021 às 17:08

 

No Sistema Único de Assistência Social, quando alguma situação extrapola a função da Proteção Social Básica (PSB), ou seja, há algum tipo de violação de direitos, passa-se a Proteção Social Especial (PSE). Isso significa que não é mais o caso de apenas prevenir, mas, sim, de superar situações de risco social.

Afastamento de convivência familiar, negligência, violência doméstica, por exemplo, são todos casos que exigem uma intervenção especializada da equipe socioassistencial.

A Proteção Social Especial é responsável por organizar a oferta de serviços e projetos de caráter especializado, visando reconstruir vínculos familiares e comunitários, fortalecendo potencialidades e ajudando famílias e indivíduos a enfrentar as situações de risco pessoal e social, por violação de direitos.

No Município de Imbuia estes serviços são oferecidos pela equipe de referência, que atua junto no espaço da Secretaria Municipal de Assistência Social, que comporta também toda a parte de gestão da Política.

 

PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL DE MÉDIA COMPLEXIDADE

Esse tipo de proteção é destinado à famílias e indivíduos que se encontram em alguma situação de risco pessoal e social, por violação de direitos. Assim, a função das ações na média complexidade é ofertar serviços que possuam caráter especializado e que demandam um a estruturação técnica com atribuições definidas.

De acordo com a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, podem ser oferecidos às famílias e indivíduos  nesse nível de proteção são:

  1. Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos – PAEFIApoio, acompanhamento e orientação a famílias e indivíduos que se encontram em situação de ameaça ou violação de direitos.
  2. Serviço Especializado em Abordagem SocialObjetivo: identificar situações violadoras de direitos, como o trabalho infantil, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, situação de rua, entre outras.
  3. Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviços à ComunidadeAcompanhamento e atenção socioassistencial a adolescentes e jovens em cumprimento de medidas determinadas judicialmente.
  4. Serviço de Proteção Social Especial a Pessoas com Deficiência, Idosos (as) e suas Famílias: Serviços voltado para famílias onde existam pessoas com deficiência e/ou idosas, que estão em situação de dependência e passam por algum tipo de violação de direitos, podendo comprometer a sua autonomia e o seu desenvolvimento pessoal e social.
  5. Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua: Voltado para pessoas que têm a rua como referência e moradia; busca a promoção da construção de novos projetos de vida e desenvolvimento de sociabilidades.

 

PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL DE ALTA COMPLEXIDADE

O que difere a Média para a Alta complexidade, basicamente, é onde a família e/ou indivíduo se encontra na sociedade, ou seja, ela tem como foco central na acolhida e segurança de pessoas ou famílias que estão afastados temporariamente do círculo nicho familiar de origem.

Assim, de acordo com a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, temos os serviços da Alta Complexidade, aonde em Imbuia é garantido o Serviço de Acolhimento Institucional, na modalidade de  Termo de Cooperação com o Abrigo Mão Amiga – AMA para Idosos em Ituporanga e, para Crianças e Adolescentes com a Associação Albertina Breckemboquer de Vidal Ramos.

 

EQUIPE DE ATUAÇÃO

 

ASSISTENTE SOCIAL

Alflávia Kraus Boing

  • Formada Pela FURB – Fundação Universidade Regional de Blumenau
  • Pós Graduada em Sistema Único da Assistência Social  pela Universidade do Alto Vale do Itajaí UNIDAVI
  • Funcionária efetiva do quadro de servidores do Município desde o ano de 2010, atua 20 hs semanais por acessar o direito de Mãe de criança especial.

 

PSICÓLOGA

Luana Errat

  • Formada pela Universidade do Alto Vale do Itajaí – UNIDAVI – Rio do Sul
  • Funcionária efetiva do quadro de servidores do Município desde o ano de 2010, cedida para atuar na assistência social 08 hs smenais

 

ESCRITURÁRIA

Gabriela Allein

  • Servidora estatuária do quadro efetivo (escriturária) desde setembro de 2014 na área social. Desenvolve as funções de usuária máster do Cadastro Único, secretária  executiva do Conselho Municipal de Assistência Social, do Conselho Municipal do Idoso, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, bem como auxilia no processo de agendamentos/requerimentos de serviços no INSS e demais atividades administrativas. Possui graduação e pós-graduação lato sensu e stricto sensu na área de Educação Matemática

 

ESCRITURÁRIO

Jonathã Patrick Vieira

  • Formado no Ensino Médio na Escola de Educação Básica Frei Manoel Phillippi.
  • Estudante de Administração na UNIASSELVI – CLICK Soluções – Ituporanga.
  • Desempenha atividade de Cadastramento Único, orientação a cerca do INSS, Auxílio Emergencial, Carteira de Identidade, Título de Eleitor e Carteira de Trabalho.

Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar